DE 20 DE MAIO À 30 DE JUNHO. SEGUINDO A TRADIÇÃO NORDESTINA, A RETROMIX FM APRESENTA A MELHOR FORROTERIA DO BRASIL, SERÃO 960 HORAS DE FORRÓ, DIRETO E SEM PARAR E, COM OS MELHORES FORROZEIROS DE TODOS OS TEMPOS. ACENDA A FOGUEIRA, TRAGA O LICOR E AS COMIDAS TÍPICAS, FAÇA A FESTA, A GENTE GARANTE A MELHOR PROGRAMAÇÃO JUNINA, PRA VOCÊ!!


A Festa Junina tem suas origens na cultura europeia da época da Idade Média. Foi trazida para o Brasil pelos colonizadores portugueses no século 16. Como tudo no Brasil, sofreu influência portuguesa, mais as pitadas dos índios e dos negros e de todos os outros povos que vieram colonizar o País. Acabou sofrendo várias adaptações em nosso território, onde foram incorporadas tradições brasileiras.

A fogueira, símbolo marcante das festas juninas, é uma tradição de origem pagã, que servia para comemorar o solstício de verão no hemisfério norte.

As roupas típicas da Festa Junina estão relacionadas ao modo de se vestir dos habitantes da zona rural de décadas atrás.

Ao assistirmos à dança de quadrilha, podemos perceber quantas palavras desconhecidas são ditas pelos puxadores. Anarriê, ampassã, tour, dentre outras, que são de origem francesa, parecida com as festas da aristocracia que abriam os bailes mais requintados da época.

As culturas greco-romanas e dos celtas também deixaram suas marcas, pois praticavam cerimônias em volta de fogueiras, a fim de agradecer aos deuses pelas boas colheitas.

O nordeste é a região que mais valoriza as festas juninas, onde acontecem vários concursos para se eleger a quadrilha mais alegre e bonita do Brasil. A cidade de Campina Grande, na Paraíba, é onde acontece o maior festejo do país. Com uma área de quarenta e dois mil metros quadrados, podemos encontrar o “Parque do Povo”, onde acontecem exposições artesanais, a queima da fogueira gigante, a cidade cenográfica com réplica de uma igreja, há um espaço para a apresentação das quadrilhas, a casa do milho, a corrida de jegue, há também uma área especial para a imprensa. Em outros estados do nordeste também não é diferente, na Bahia, por exemplo, quase em todas as cidades tem festa junina, todos os anos.

A festa popular mais conhecida no Brasil é o carnaval, porém as festas juninas não perdem seu lugar, estando entre as principais festas do país.

Fonte de matéria: site cdlrio


cxradio.com.br